O futuro na nuvem

13/06/2013 às 3:26 | Publicado em Artigos e textos | 1 Comentário
Tags: , ,

Quando li esse artigo, publicado pela empresa Módulo (especializada em Segurança da Inf0rmação), me lembrei logo do livro A GRANDE MUDANÇA, de Nicholas Carr, objeto de post aqui neste ZEducando. Um pequeno resumo desta grande mudança:

a computação em nuvem é a maior mudança no setor de tecnologia desde o surgimento dos computadores pessoais. A era do desktop como o centro da computação acabou, pois a tecnologia se transformará em um serviço público, assim como a energia elétrica.

(Paulo Pagliusi).

A mudança é radical. Na mesma linha ainda fiz outros posts, com destaque para os listados abaixo:

MAIS UM ANIVERSÁRIO https://joserosafilho.wordpress.com/2010/11/12/mais-um-aniversario/

COMPUTAÇÃO EM NUVEM – https://joserosafilho.wordpress.com/2010/07/15/computacao-em-nuvem/

PLATAFORMAS PESSOAIS DE CLOUD DEVERÃO SUBSTITUIR PCShttps://joserosafilho.wordpress.com/page/2/?s=computa%C3%A7%C3%A3o+na+nuvem


O FUTURO NA NUVEM (Fev de 2013 | Módulo Security Solutions)

Modelo computacional promete revolucionar a tecnologia e promover a criação de novos negócios em todo o mundo.

nuvem

O mundo da tecnologia está mudando. As pessoas estão deixando de ser dependentes do computador pessoal para acessar seus documentos e aplicativos a partir de qualquer dispositivo, em qualquer lugar. As empresas começam a enxugar as suas estruturas internas de tecnologia e utilizar cada vez mais os serviços oferecidos pelos provedores de nuvem. Em razão disso, os processos organizacionais terão que se adaptar ao modelo de cloud computing que, dentro de alguns anos, será o modelo padrão de computação, segundo a previsão de especialistas em tecnologia.

Para Paulo Pagliusi, diretor do capítulo brasileiro da Cloud Security Alliance (CSA), a computação em nuvem é a maior mudança no setor de tecnologia desde o surgimento dos computadores pessoais. “A era do desktop como o centro da computação acabou, pois a tecnologia se transformará em um serviço público, assim como a energia elétrica. Essa mudança terá profundo impacto na estrutura dos custos das empresas e, portanto, poderá ocasionar um efeito significativo na criação de novos negócios e no desempenho macroeconômico do país”, indica.

A perspectiva de Pagliusi vai ao encontro de um estudo da consultoria IDC, que prevê a criação de 14 milhões de empregos em todo o mundo pela implementação dos serviços na nuvem, dentre os quais, boa parte estará em mercados emergentes como Brasil, Índia, China e Rússia. A estimativa é que mais de 50% desses empregos serão gerados por pequenas e médias empresas.

Segurança 

O mercado está caminhando na direção da nuvem, mas quais são devem ser os cuidados necessários para evitar os riscos e aproveitar todas as vantagens oferecidas por esse modelo? Em princípio, a empresa deve exigir do fornecedor mecanismos de segurança e especificar essas exigências no contrato. É o que reforça o guia de boas práticas lançado este ano pela Agência Europeia para a Segurança da Informação (Enisa). De acordo com o guia (disponível em inglês no site enisa.europa.eu), os usuários devem verificar continuamente se todos os requisitos de segurança previstos no contrato estão sendo contemplados.

Outro documento importante e principal referência de segurança na computação em nuvem é a publicação 800-144 – Diretrizes de Segurança e Privacidade em uma Nuvem Pública, do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologias dos Estados Unidos – NIST (também disponível em inglês em nist.gov).

Cezar Taurion destaca que todo o conjunto de servidores tem que estar submetido a um processo de política da segurança e que a responsabilidade deve ser compartilhada com a empresa. “Cada usuário tem que ter uma senha adequada e não liberá-la pra ninguém. O provedor deve assegurar que o datacenter está protegido contra ataques, por outro lado, cada usuário também tem sua responsabilidade de segurança”, diz.

Muitas possibilidades

Na computação em nuvem, o trabalho corporativo e o compartilhamento de arquivos se tornam mais fáceis, uma vez que todas as informações associadas ao serviço se encontram na nuvem e podem ser acessadas em qualquer lugar, bastando haver acesso à internet.

Marco Aurélio Maia, gerente de projetos da Módulo, explica que, no caso de um fornecedor de hosting, é comum o pagamento de um valor fixo pela hospedagem no datacenter. No caso da nuvem, paga-se conforme o consumo do serviço. Um site de compras na Internet, por exemplo, poderia se beneficiar da nuvem, uma vez que o pagamento do serviço poderia estar associado diretamente com o volume de vendas, que normalmente é sazonal. Em épocas em que ocorre um grande crescimento nas vendas (datas comemorativas, como Natal, Dia das Mães, etc.), bastaria a empresa solicitar ao provedor o aumento do serviço, pagando proporcionalmente por esta utilização. Ao mesmo tempo, se o período é de baixo consumo de recursos no site, decorrente de um menor volume nas vendas, a empresa pagaria somente pelo consumo dos recursos realizado, e tudo de uma maneira rápida, com o mínimo de esforço de gestão ou interação junto ao provedor do serviço.  Assim, a nuvem permite uma maior flexibilidade e agilidade, um controle maior do uso de recursos pelo cliente e uma grande redução de custos. “Além dos negócios diretamente ligados ao mundo virtual, também ganham as empresas que têm muita inovação e precisam de mudanças rápidas”, diz.

A redução de custos acontece na medida em que a empresa não precisa investir capital em equipamento a cada mudança. “Ela não tem que fazer solicitação de vendas e esperar. A entrega do serviço é mais rápida”, complementa Cezar Taurion, gerente de Novas Tecnologias Aplicadas/Techinical Evangelist da IBM Brasil. Segundo ele, qualquer tipo de negócio pode se beneficiar com computação em nuvem, desde os que estão no início até grandes corporações. “O mundo está entrando numa nova onda de tecnologia. O modelo da nuvem vai se consolidar nesta década. Vai ser a maneira como a gente vai pensar a computação”, aponta.

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. […] recentes escândalos envolvendo os EUA e a sua NSA. Já tratei dele aqui neste ZEducando mais de três […]


Comentários são livres, só não aceito nem publico xingamentos !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: