Universidade Pés-Descalços

29/10/2014 às 3:01 | Publicado em Artigos e textos, Midiateca, Zuniversitas | 5 Comentários
Tags: , ,

Nestes sete anos de vida do ZEducando, este certamente é um dos melhores posts. Tanto que hoje é a terceira vez que publico. Desta feita faço isso para homenagear explicitamente quem iluminou para sempre minha vida ao abrir meu ‘terceiro olho’, o da leitura, quando me ensinou a ler quando tinha por volta de sete anos: minha irmã e companheira de Magistério Moema Soares Pereira da Silva.

Parabéns Miminha, saúde e paz ! 

Rosa99


 

A idéia surgiu na Índia, mas é válida para todos os países do mundo.

Depois de ver o vídeo, dizer o quê ? A gente fica com vontade de ou ir para a Tilônia ou fundar um ‘centro de treino’ da Universidade Pés-Descalços perto de onde se mora, como ocorreu em outros lugares do mundo como Serra Leoa, Afeganistão e Gâmbia por exemplo.
É impossível não se apaixonar pela idéia: simples, eficiente, humana !

Só lembrando: Paulo Freite está ai, Darcy Ribeiro está ai, Anísio Teixeira está ai, entre outros !


“PRIMEIRO ELES IGNORAM-TE
DEPOIS, RIEM-SE DE TI,
DEPOIS, COMBATEM-TE
E DEPOIS TU VENCES ”
(M. Gandhi)


Anúncios

5 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. É extraordinário o que a Educação pode fazer na transformação da realidade de uma nação. Temos no caso em questão uma demonstração inequívoca de que a educação é a ferramenta fundamental para transformar problemas em soluções, bem como é a mesma a alavanca para o desenvolvimento.

  2. Reblogged this on portaldacidadaniabrasileira.

  3. […] mesmo revolucionária para os padrões atuais da nossa anacrônica academia. E me lembrou outra, a UNIVERSIDADE PÉS-DESCALÇOS, aquela sim, mais revolucionária ainda, até no momento do ingresso, pois não aceita quem tenha […]

  4. […] uma vez posto aqui artigo sobre a Universidade Pés-descalços, uma genial criação do indiano Bunker Roy (Fonte: Correio Braziliense, […]

  5. […] uma dessas coincidências da vida, 29 de novembro é o Dia do Livro e aniversário de minha irmã Moema, aquela que me ensinou a ler, num tempo em que várias famílias faziam isso com seus filhos […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: