Lula X Cunha

01/02/2016 às 21:34 | Publicado em Artigos e textos | 2 Comentários
Tags:

Esses dois artigos para mim estão intimamente ligados. Posto primeiro o positivo, mesmo porque a maioria que só acessa a grande mídia certamente não o leu. O segundo é apenas a constatação que a Justiça neste país é parcial, o que não é novidade alguma (por óbvio eu retirei a foto do mala-mor atual desta ResPública).


Prêmio Nobel da Paz convida Lula a participar de conselho global pelos direitos das crianças

27/01/2016 19:00

SatayarthyLula

O ex-presidente aceitou o convite de Satyarthi e se colocou à disposição da nova iniciativa. Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Nesta quarta-feira (20), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu Kailash Satyarthi, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2014. O indiano, que é ativista pelos direitos das crianças, foi recebido na sede do Instituto Lula e veio a São Paulo fazer um convite a Lula.

Satyarthi está formando um conselho com a presença de outros ganhadores do Prêmio Nobel e líderes mundiais para colocar em pauta questões como trabalho infantil, tráfico de pessoas e o trabalho escravo. O ativista afirmou a Lula que está em busca de pessoas que sejam uma “voz moral” no mundo e que “essa voz estaria incompleta sem o senhor”.

O ex-presidente agradeceu o convite e aceitou participar da iniciativa capitaneada por Satyarthi. Segundo Lula, “o Brasil está fazendo sua parte” no combate ao trabalho infantil através de “políticas de inclusão social que nos fizeram avançar muito”. “Não podemos permitir retrocesso”, disse. “As mulheres e crianças subiram um degrau em termos de direitos humanos, mas ainda pode subir outros mais”, completou. O ganhador do Nobel disse que Lula é “não apenas o presidente dos pobres, mas o economista dos pobres”. O ex-presidente afirmou preferir ser chamado de “amigo dos pobres”.

Satyarthi também agradeceu a Lula por ter feito “campanha para incluir a causa do trabalho e da exploração infantil nas metas do miênio” da Organização das Nações Unidas (ONU). “Isso ajudou muito”, afirmou. “O senhor foi o primeiro líder mundial a se comprometer com essa questão”, relembrou. Os dois já haviam se encontrado em 2013, no Instituto Lula.

FONTE: http://www.institutolula.org/premio-nobel-da-paz-convida-lula-a-participar-de-conselho-global-pelos-direitos-das-criancas


Um país que protege Cunha e persegue Lula é um país doente

A Lava Jato perdeu o pudor.

O nome Triplo X, referência sibilina ao mítico ‘Triplex do Lula’ é um acinte. Está claro que se trata de erradicar não a corrupção – mas de caçar Lula.

Fosse outro o propósito você não teria um ataque tão sistemático a Lula enquanto um homem como Eduardo Cunha borboleteia, livre para armar as delinquências em que é mestre.

Era mais honesto batizar a operação como Caça Lula.

Os suíços entregaram de bandeja documentos que comprovam corrupção em níveis pavorosos de Cunha. Ele mentiu, sonegou, inventou desculpas aberradoras e usou até a palavra ‘usufrutuário’ para tentar encobrir sua condição de dono de milhões na Suíça.

Não foi apenas isso.

Depoimentos de fontes variadas coincidiram em relatar ameaças de paus mandados de Cunha contra pessoas que pudessem dizer coisas comprometedoras contra ele.

Vídeos mostraram expressões aterrorizadas de delatores ameaçados por homens de Cunha. Parecia coisa de Máfia. Falaram até na família. Em filhos. Disseram que tinham o endereço para a retaliação.

Não foi um depoimento nesse gênero. Foram pelo menos três, dois de delatores e um de um deputado que era um problema para Cunha na Comissão de Ética que o julga.

Que mais queriam? Que um cadáver amanhecesse boiando num rio?

E as trocas de emails com empresas beneficiárias de medidas provisórias?

Com esse conjunto avassalador de evidências, Eduardo Cunha aí está, na presidência da Câmara, ainda no comando de um processo viciadíssimo que pode cassar 54 milhões de votos.

Cadê a Polícia Federal? Cadê Moro? Cadê uma operação realmente para valer para investigar as delinquências conhecidíssimas de Cunha.

Nada. Nada. Nada.

É uma bofetada moral inominável nos brasileiros. É a completa desmoralização da política.

Enquanto a vida é mansa para Cunha, para Lula é uma sucessão infindável de agressões.

Virou piada que até ser amigo de Lula se caracterize como algo capaz de incriminá-lo. Mas coloquemos o adjetivo certo: é uma piada repulsiva.

Um apartamento banal numa praia banal – a cidade plebeia do Guarujá – adquire ares de uma propriedade suntuosa que Lula jamais poderia comprar. É um tríplex, uma palavra feita para impressionar e ludibriar a distinta audiência.

Não interessa se quatro ou cinco palestras de Lula seriam suficientes para comprar o apartamento. Não interessa se ele tem documentos que comprovam que ele não comprou, afinal, o imóvel.

O que importa é enodoar a imagem de Lula. Caracterizá-lo como um corrupto, um ladrão, um monstro de nove dedos. O maior vilão da história do Brasil.

Alguém – PF, Moro, imprensa – deu um passo para saber se a residência de Eduardo Cunha é compatível com seus rendimentos de deputado? Alguém apurou se ele tem condições de bancar uma vida de fausto para a mulher, à base joias e extravagâncias como aulas de tênis no exterior?

Ninguém.

É um país doente aquele que protege Eduardo Cunha e investe selvagemente contra um homem que cometeu o pecado de colocar os excluídos na agenda nacional como nenhum outro desde Getúlio Vargas.

Estamos enfermos – e Moro e sua Lava Jato são sintomas eloquentes dessa nossa deformação moral.

(Paulo Nogueira)

FONTE: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/um-pais-que-protege-cunha-e-persegue-lula-e-um-pais-doente-por-paulo-nogueira/

Anúncios

Energia Solar

01/02/2016 às 3:29 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | 1 Comentário
Tags: ,

Com o devido desconto que se deve fazer num caso desses (a informação é de uma empresa da área), mas considerando-se um país continentalmente solar como o nosso, é inconcebível que TODA construção, quer residencial, comercial, industrial ou governamental, não possua captação de energia solar. Incentivo a pesquisas, incentivo aos empresários com redução de impostos, e inclusive leis, já deveram existir há muito tempo nesta Pindorama.


SISTEMA FOTOVOLTAICO: COMO FUNCIONA

Aprenda como funciona o sistema de energia solar fotovoltaica.

Esse sistema de gerar energia limpa e renovável vai lhe possibilitar valorizar a sua propriedade além de gerar a sua própria energia elétrica e praticamente acabar com a sua conta de luz!
Sistema Fotovoltaico

Passo a passo de como funciona o sistema de energia solar fotovoltaica:

  1. O Painel Solar gera a energia solar fotovoltaica

    O Painel Solar reage com a luz do sol e produz energia elétrica (energia fotovoltaica). Os painéis solares, instalados sobre o seu telhado, são conectados uns aos outros e então conectados no seu Inversor Solar:

  2. O Inversor Solar converte a energia solar para a sua casa ou empresa

    Um inversor solar converte a energia solar dos seus painéis fotovoltaicos (Corrente Continua – CC) em energia elétrica que pode ser usada em sua Casa ou Empresa para a TV, Computador, Máquinas, Equipamentos, e qualquer equipamento elétrico (Corrente Alternada – AC) que você precise usar :

  3. A Energia Solar é distribuida para sua casa ou empresa

    A energia que sai do inversor solar vai para o seu “quadro de luz” e é distribuída para sua casa ou empresa, e assim reduz a quantidade de energia que você compra da distribuidora.(*1)

  4. A Energia Solar é usada por utensílios e equipamentos elétricos

    A energia solar pode ser usada para TVs, Aparelhos de Som, Computadores, Lampadas, Motores Elétricos, ou seja, tudo aquilo que usa energia elétrica e estiver conectado na tomada.

  5. O excesso de energia vai para a rede da distribuidora gerando créditos!

    O excesso de eletricidade volta para a rede elétrica através do relógio de luz (relógio de luz bi-direcional). Esse relógio de luz mede a energia da rua que é consumida quando não tem sol e, a energia solar gerada em excesso quando tem muito sol e é injetada na rede da distribuidora. A energia solar que vai para a rede vira “créditos de energias” (*3 e *4) para serem utilizado de noite ou nós próximos meses. Em outras palavras: você produz energia limpa com a luz do sol e reduz a sua conta de luz!!

(*1) – Cada distribuidora de energia tem as suas regras e as exigências para conectar o seu sistema de energia solar fotovoltaica na rede elétrica e, variam bastante.
Por isso é importante você solicitar até 3 orçamentos de empresas experientes que possam ir até o seu local para fazer uma avaliação e lhe passar um orçamento fechado para o seu sistema fotovoltaico.
(*2) – O seu relógio de luz antigo vai ser substituído por um relógio de luz novo que é “bidirecional” (mede a entrada e a saída de energia ). Desta forma ele será capaz de medir a energia que voce consome da rede elétrica e medir também a energia gerada em excesso pelo seu sistema fotovoltaico que é injetada na rede assim gerando “créditos de energia” (3).
(*3) – Os “Créditos de Energia” são medidos em kWh. Para cada kWh gerado em excesso pelo seu sistema solar fotovoltaico voce recebe 1 crédito de kWh para ser consumido de noite ou nós próximos meses. Esse crédito é contabilizado pelo seu novo relógio de luz bidirecional e é medido pela sua distribuidora de energia. Desta forma, no final do mês quando voce recebe a sua conta de luz,  você vai ver quanto de energia voce consumiu da rede e quanta energia voce injetou na rede. Se você injetar mais na rede do que consumiu você terá créditos de energia para serem usados nos próximos meses. (4).
(*4) –  Os créditos de energia são regulamentados pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) possuindo regras específicas que variam de acordo com a sua localização e sua classe de consumo (residência, comercial ou industrial).
Na página “A REGULAMENTAÇÂO” fazemos um resumo de como esse sistema de créditos funciona. De qualquer forma, isso é uma coisa que a empresa que vai instalar o seus painéis solares sabe e vai poder lhe explicar quando estiver fazendo o seu orçamento.

Tipos de Sistema Fotovoltaico

  1. Sistema Fotovoltaico Residencial de energia solar conectado a rede (1-10Kwp)
  2. Sistema Fotovoltaico Comercial de energia solar conectado a rede (10-100Kwp)
  3. Sistema Fotovoltaico Industrial de energia solar conectado a rede (100 – 1000Kwp)
  4. Sistemas fotovoltaicos isolados/autônomos de energia solar
  5. Sistemas fotovoltaicos híbridos de energia solar

Sistema Fotovoltaico Residencial (1kwp a 10Kwp)

Sistema Fotovoltaico Residencial

A energia solar residêncial ou sistema fotocoltaico residêncial permite você gerar parte ou toda a energia que você consome na sua casa, assim, se livrando de  boa parte da sua conta de luz para sempre. Para se calcular o tamanho de um sistema fotovoltaico residencial usa-se como base a conta de luz (o seu consumo de energia), a área disponível para receber os painéis solares e a localidade geográfica (os índices de irradiação solar variam muito de acordo com o local).
a) Quem compra sistemas fotovoltaicos residenciais de energia solar conectados a rede elétrica?
Residências que querem gerar parte ou toda a energia que consomem com energia solar.
b) Qual é a diferença entre sistemas fotovoltaicos de energia solar residenciais, comerciais e industriais?
A diferença é a capacidade de geração (Kwp) do sistema fotovoltaico. Os sistemas de energia solar residenciais conectados a rede elétrica, são caracterizados por seu tamanho, i.e, uma residência comum raramente vai precisar de um gerador de energia solar maior do que 10Kwp (que ocupa uma área máxima de 70m2), em média, casas de 3 quartos precisam de um sistema de 3kwp( 21m2). Então caracteriza-se como sistema fotovoltaico residencial aquele com potencia instalada entre 1Kwp e 10Kwp.

PARA VER MAIS INFORMAÇÕES: http://www.portalsolar.com.br/sistema-fotovoltaico–como-funciona.html

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: