Antecipando 2 de julho

01/07/2016 às 21:02 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , ,

Uma homenagem ao bravo povo baiano, resgatando a História, na esperança de tempos melhores e mais libertos. E, óbvio, lembrando que 2 de Julho não é o dia da Independência da Bahia, é o dia da Independência do Brasil !

2


Um 2 de julho sem temer a democracia   VaniaGalvao

Quase 200 anos após o movimento pela Independência da Bahia, voltamos às ruas em busca da democracia. Por metáfora, podemos dizer que lutamos novamente pela Independência do Brasil. Porque não é outra a semiosfera pós-golpe, a não ser a de estarmos reféns de uma trama maquiavélica que pôs abaixo o sentido maior da liberdade e dos direitos sociais que conquistamos com duras batalhas.

Curioso é que ao longo desses dois séculos voltamos a lutar em Salvador e no Brasil contra uma política segregadora, repressora e patriarcal. O país e nossa cidade retrocederam a uma conjuntura de confabulações e perseguições. Em qualquer esfera, a disputa política tornou-se mera quebra de braço. Os governos que aí estão não criam propósitos para beneficiar a população, mas sim estratégias para derrubar opositores.

No âmbito municipal, fecham-se os olhos para quaisquer projetos da oposição. Convivemos com distorções de fatos, boicotes a obras do Estado e até ameaças de embargá-las. Se isso não for repressão, o que seria? No aspecto nacional, tivemos o maior retrocesso da história do país e do mundo. Este golpe não apenas esfriou os ânimos da democracia, mas fixou no Brasil a ambiência da covardia, do cinismo, da amoralidade.

A Câmara abre um processo de impedimento contra uma presidenta que suportou heroicamente todas as investidas fracassadas contra sua integridade e moral, e coloca em seu lugar um gestor inelegível. Inversão de valores? Não apenas. Segregação, sexismo, intolerância, conchavos, traição à pátria. Tentativa de inibir nossos avanços e manter às escusas os processos de corrupção que vinham sendo delatados no governo Dilma Rousseff.

De volta às ruas, vamos novamente pensar a Independência da Bahia como marco de revolução nacional, e celebrar este 2 de Julho sem temer a democracia. Ao contrário, vamos somar forças para gritar e fazer valer o Fora Temer.

(Vânia Galvão, Vereadora do PT – Salvador)

FONTE: Jornal A TARDE, Salvador-BA, hoje

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: