Cadeia sem rebelião há 10 anos recupera 60% dos presos: modelo

20/02/2017 às 3:36 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | 1 Comentário
Tags: , , ,

No meio de um turbilhão de prisões em rebelião por este país a fora, um caso de sucesso. Como é difícil ver o óbvio ululante !


Cadeia sem rebelião há 10 anos recupera 60% dos presos: modelo

Foto: reprodução / Facebook

Um oásis no meio do falido sistema prisional brasileiro.

Uma cadeia em Minas Gerais, com 114 detentos, não registra rebelião, nem motim, há 10 anos.

Além disso tem conseguido recuperar 60% dos presos que têm penas de até 38 anos por crimes como homicídio, estupro, tráfico, entre outros.

A cadeia modelo fica no interior do estado, em Paracatu.

 

Como

O modelo de gestão prisional que tem dado certo é baseado em um tripé: trabalho, religião e disciplina.

Lá não tem moleza: eles trabalham o dia todo nas oficinas de artesanato, padaria, cozinha, serralheria e marcenaria.

Os detentos também estudam e fazem cursos profissionalizantes. Nos horários livres, eles vão para a quadra de esportes para tricotar peças delicadas como tocas de bebê, caminhos de mesa, tapetes… O trabalho reduz tempo na pena.

Sim, dentro da cadeia eles mexem com agulhas de crochê e com estiletes – para construir abajours de madeira e capelinhas.

E presos não ficam trancados em celas. Aliás, quando chegam na prisão eles recebem um tratamento completamente diferenciado.

“No portão a gente tira as algemas, a roupa laranja, levanta o queixo dele e fala: olha reto!… Borracha e paulada na cabeça não deu conta de resolver. Esse método é um novo pacto”, disse ao O Globo Eurípedes Tobias, o diretor da APAC Associação de Proteção e Assistência a Condenados de Paracatu.

 

Seleção

Mas não é qualquer preso que entra lá: tem que ter cumprido parte da pena em outra cadeia, com bom comportamento, e assinar um compromisso de seguir normas rígidas de disciplina.

O presídio de Paracatu fica num prédio moderno construído e mantido pelos próprios presos.

Lá não tem policiais armados e os próprios detentos são responsáveis pela segurança dos outros.

Um preso que normalmente custa R$ 4.500 por mês no sistema prisional brasileiro, em Paracatu sai por R$ 915.

A instituição prisional funciona em parceria com a Pastoral Carcerária e um grande número de voluntários de Paracatu.

 

FONTE: http://www.sonoticiaboa.com.br/2017/01/22/cadeia-sem-rebeliao-ha-10-anos-recupera-60-dos-presos-modelo/

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Nem tudo é mau !


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: