Híbridos de humanos e animais nascerão no Japão em experimento inovador

09/08/2019 às 2:55 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: ,

E a questão ética, tão ou mais importante que a científica, é quase sempre tangenciada…


Híbridos de humanos e animais nascerão no Japão em experimento inovador


 

Embrião híbrido de humano e ovelha feito pela equipe de Nakauchi

O Japão deu aprovação para a realização de um experimento inovador (e extremamente polêmico): a criação de embriões híbridos de animais e seres humanos.

A experiência, controversa e banida em diversos países, será liderada pelo biólogo Hiromitsu Nakauchi, que pesquisa células-tronco na Universidade de Tóquio (Japão) e na Universidade Stanford (EUA), e que vinha esperando por esse momento há mais de uma década.

Inicialmente, o estudo envolverá roedores geneticamente modificados que irão receber células-tronco humanas.

Ao contrário de pesquisas preliminares anteriores, os pesquisadores não precisarão eliminar os embriões híbridos em determinado ponto; eles poderão ser completamente gestados e acompanhados por dois anos.

Progresso lento

Já houveram embriões híbridos no passado – entre humanos e ovelhas, e entre humanos e porcos -, mas eles nunca foram gestados até o nascimento.

Uma das maiores preocupações da comunidade científica é como as células-tronco humanas irão se comportar no corpo animal uma vez que forem injetadas.

Apesar da aprovação para seguir com o estudo ambicioso, Nakauchi disse que irá progredir lentamente, para dar chance à sociedade de acompanhar os avanços.

“Não esperamos criar órgãos humanos imediatamente, mas a aprovação nos permite avançar com a pesquisa baseados no conhecimento que adquirimos até agora”, afirmou ao The Asahi Shimbun.

Como funcionará

O experimento começará com a injeção de células-tronco pluripotentes humanas em embriões de ratos geneticamente modificados para não serem capazes de crescer um pâncreas.

A ideia é usar as células humanas para fabricar o pâncreas, e depois acompanhar o desenvolvimento e crescimento dos animais por dois anos, monitorando seus órgãos e cérebros no processo.

A equipe de Nakauchi vai se concentrar no pâncreas, porém, se detectarem que mais de 30% das células cerebrais dos roedores forem humanas, irão suspender os experimentos. Essa é uma das exigências do governo japonês para evitar a concepção de “animais humanizados”.

Se tudo correr bem, os cientistas pretendem obter aprovação para fazer o mesmo com porcos.

Sem medo

Nakauchi entende os anseios do público, mas não crê que animais humanizados serão um problema neste experimento.

Ano passado, sua equipe criou os primeiros embriões híbridos de humanos e ovelhas e, embora só tenham sobrevivido por 28 dias, eles continham muito poucas células humanas – apenas uma a cada 10.000 ou menos, aproximadamente.

“Estamos tentando assegurar que as células humanas contribuam apenas para a geração de determinados órgãos”, explicou Nakauchi ao Stanford Medicine’s Out There.

Se este tipo de estudo se tornar um sucesso, poderia significar uma enorme vantagem para as milhares de pessoas que precisam de transplante e doação de órgãos atualmente.

 

FONTE: https://hypescience.com/hibridos-de-humanos-e-animais-nascerao-no-japao-em-experimento-inovador/

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: