A SOBERANIA E A DEMOCRACIA

18/05/2020 às 3:40 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | 2 Comentários
Tags: ,

O título do excelente artigo do Professor Paulo Ormindo já diz tudo: “SUBSERVIÊNCIAS RIDÍCULAS”. Nelson Rodrigues, o criador do “complexo de vira-lata” deve estar revirando na cova com o que se passa em nosso país. Nem os símbolos pátrios são mais respeitados.

Bandeira_Brasil_desédacada


SUBSERVÊNCIAS RIDÍCULAS   foto-paulo-ormindo_thumb (1)

Logo após a II Guerra Mundial o general Eisenhower visitou o Brasil e o Congresso e foi ali saudado pelo então deputado federal Octávio Mangabeira. Quando o general estendeu a mão para agradecer, Mangabeira se ajoelhou e beijou sua mão. A mídia fez uma farra. Nosso ex-governador tentou se explicar dizendo que o fizera porque o general livrou o mundo do horror nazista. Em 1964, o general Juracy Magalhães ao chegar aos EUA como embaixador do país pronunciou uma frase que ficou célebre: “O que é bom para os EE.UU. é bom para o Brasil”. Até a linha dura criticou a subserviência. Complexo de vira-lata de membros menores do governo.

Na abertura da Assembleia da ONU, ano passado, o nosso presidente saudou Trump com “I love you”, ao que o ianque surpreso o cortou em inglês: “Bom te ver de novo”. Bandeiras dos EUA e de Israel foram desfraldadas por apoiadores de Bolsonaro durante sua campanha e em manifestações após a eleição. No último dia três, o presidente, do alto da rampa do Palácio do Planalto, dando apoio a uma manifestação que pedia o fechamento do Congresso, do STF e a volta do AI-5, se fazia acompanhar da “família real”, que portava um mastro com as bandeiras do Brasil, de Israel e dos EUA, dos mesmos tamanhos.

Imagine o escândalo que seria se os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, um nobre que se crê gaulês, se apresentasse no mesmo local com o genro portando as bandeiras do país e da Revolução Francesa, ou Michel Temer, descendente de prestamistas libaneses, repetisse a dose com a bandeira do Líbano. Isso bastaria para um pedido de impeachment por falta de decoro presidencial.

Segundo a Lei Federal Nº 5.700/71 os símbolos do Brasil são, hierarquicamente, a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as Armas Nacionais e o Selo Nacional (carimbo). Será que os bolsonaristas querem colocar mais uma estrela na bandeira americana? O símbolo americano não surpreende, já que a política externa do presidente é uma caricatura da ianque e ele entregou a base de Alcântara em troco de nada, coisa que nem Getúlio fez por três anos em Natal, durante a II Guerra.

Mas o que significa a estrela de David? A comunidade judaica brasileira protestou contra o uso de bandeira de Israel em manifestações antidemocráticas. A explicação é simples, o lobby da Igreja Universal, um dos maiores apoiadores do presidente, quer transformar o país em uma república teocrática com base na lei messiânica, coisa que não ocorre nem em Israel. Bolsonaro tem repetido que quer um membro “terrivelmente evangélico” no Supremo Tribunal Federal sendo o estado, pela Constituição, laico. O que estamos esperando? O medo da pandemia não pode ser o preço de perdermos os dois maiores valores de uma nação, a soberania e a democracia.

(Paulo Ormindo de Azevedo)

FONTE: Jornal A TARDE, Salvador-BA, 17.05.2020

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. […] a ser colônia, mas no que tange à Economia isso é claríssimo, como bem adverte o Professor Paulo Ormindo da […]

  2. […] um bom e indispensável artigo do Professor Paulo Ormindo de Azevedo. Desta vez um pouco da história das grandes pestes que assolaram a humanidade  e a relação que […]


Comentários são livres, só não aceito nem publico xingamentos !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: