Carne podre !

09/10/2020 às 14:50 | Publicado em Artigos e textos | 1 Comentário
Tags: ,

Desde os tempos de Cabral o Ministro mais importante de todo governo é o da Economia (ou Fazenda, ou qualquer outro nome que se queira dar). O nosso é esse, muito bem relatado pelo Professor Carlos Zacarias de Sena Júnior na sua coluna de hoje do jornal A TARDE, Salvador-BA.

fritura-guedes


Todos os homens do presidente: Guedes carelos-zacarias

“O fiador” foi o título que a jornalista Malu Gaspar deu ao perfil que traçou do economista Paulo Guedes para a Revista Piauí em setembro de 2018. Enquanto Bolsonaro iniciava sua escalada até a presidência da República, poucos não percebiam que seu caminho teria sido bastante mais difícil se não fosse pelo seu avalista junto às classes dominantes, justamente Paulo Guedes, um conhecido homem de mercado, filho pomposo da escola neoliberal da Universidade de Chicago e pronto para oferecer promessas ao empresariado, que andava desconfiado das credenciais do deputado e ex-capitão do Exército, mais conhecido por sua retórica histriônica de agitador fascista. Na altura da matéria na Piauí, a repórter pegou no Instagram as palavras de Flávio Bolsonaro, que, comentando uma reportagem desabonadora da revista Veja sobre o seu pai, escreveu que Guedes teria “total autonomia na sua área”. Foi, contudo, do próprio “Posto Ipiranga” que Malu Gaspar extraiu a melhor definição da palavra fiador: “Eu poderia lavar as mãos, mas esse cara pode ganhar a eleição. (…) Não tem nada a ver comigo, ou com você. Porque nós estamos na bolha. Tem um troço acontecendo aos milhões aí fora. (…) A elite brasileira, em vez de entender e falar assim, pô, nós temos a oportunidade de mudar a política brasileira para melhor… Ah, mas ele xinga isso, xinga aquilo… Amansa o cara!”,ea repórter pergunta se é possível amansar Bolsonaro, ao que Guedes responde: “Acho que sim, já é outro animal”.

Passados pouco mais de dois anos da reportagem de Malu Gaspar, não é difícil entender que, de fato, já estamos diante de um outro animal. Mas, no caso, o animal, que agora é outro, não é Bolsonaro, mas justamente o arrogante economista que hoje age como um pequeno pet a abanar o rabo para o dono, não importando se este lhe afaga ou lhe dá safanões. Paulo Guedes é apenas um espectro que continua a fazer promessas, sem sequer ser capaz de saber por quanto tempo estará neste plano, antes de ser enxotado para entrar nas páginas de rodapé da história do bolsonarismo, como o foram os responsáveis pela economia de Mussolini e Hitler, e igualmente liberais, Alberto de Stefani e Hjalmar Schacht.

A propósito, conforme o historiador Richard Evans, “como muitas outras figuras do sistema, Schacht achou que o radicalismo de Hitler poderia ser domado com a associação do nazista a outras figuras mais conservadoras e mais experientes, como ele mesmo”. O resultado dessa aventura insana é o que todos conhecemos.

Nessa altura, em meio a uma pandemia que alçou ao protagonismo outros personagens, Paulo Guedes não faz outra coisa senão repetir promessas de cortar gastos, cumprir o teto, privatizar tudo e acabar com o serviço público, enquanto Bolsonaro descobre que pode mudar de fiador. E enquanto Guedes tosta na frigideira, os brasileiros mal sabem se o odor fétido é de carne queimando ou de carne podre.

(Carlos Zacarias de Sena Júnior)

FONTE: Jornal A TARDDE, Salvador-BA, hoje.

Canal ZEducando: SEXTOU COM LIVROS – MILLÔR DEFINITIVO, A BÍBLIA DO CAOS

09/10/2020 às 7:30 | Publicado em Baú de livros, Midiateca, Zuniversitas | 3 Comentários
Tags: , ,

SEXTOU COM LIVROS: como apresentar, num vídeo curto de 5 minutos, este livro com mais de 500 páginas e 5000 textos, entre citações e hai-kais, deste gênio chamado Millor Fernandes ? Só mesmo com uma ajudinha da Yemanjá-Natureza.


Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: