SOZINHO

05/04/2018 às 3:46 | Publicado em Baú de livros | 1 Comentário
Tags: ,

Esse foi um amigo do trabalho, baiano, jovem velejador, quem me emprestou. Imaginem um capitão, nos idos de 1895, fazer uma viagem de circumnavegação ao redor do mundo sozinho num veleiro. Ele foi o primeiro, num tempo em que não existia GPS, muito menos Internet. Essa epopéia é digna de se ler. Ficamos maravilhados com a coragem deste marinheiro ao enfrentar os desafios da jornada e com a solidariedade que ele encontrou nos locais mais remotos do planeta. Ao mesmo tempo que ficamos um pouco tristes quando, numa passagem após a metade da viagem, em ilhas ao redor da Austrália, ele é recebido por uma autoridade eclesiástica que insistia em dizer e pregar que a Terra era plana…

Recomendo fortemente este livro !


LIVRO_SOZINHO

Anúncios

O sonho dos dois capitães de longo curso…

15/03/2018 às 3:22 | Publicado em Artigos e textos, Baú de livros | Deixe um comentário
Tags: , ,

Lendo esse artigo a gente fica com vontade de ler as duas obras citadas no texto, o de Aleixo Belov e o de Jorge Amado. Com certeza já li esse livro de Jorge, mas vou procurá-lo novamente para reler.

maxresdefault

      OsVelhosMarinheiros                                                  LivroBelov

 


O sonho dos dois capitães de longo curso…

Grandes opostos. O primeiro, personagem fictício do nosso universal Jorge Amado, Vasco Moscoso de Aragão, grandessíssimo mentiroso para uns, herói para outros. O segundo, Aleixo Belov, verdadeiro senhor dos mares e oceanos, que já percorreu todos, sozinho no seu Três Marias ( 2 filhas Marias e a exmulher, Maria Belov) ou com um grupo de jovens no moderno veleiro ‘Fraternidade’, no qual pretende promover o nautismo neste estado de pouquíssima aptidão marítima, apesar dos seus mil quilômetros de litoral e apesar da Baía de Todos-os-Santos de batismo português, a Kirimurê dos índios tupinambás, uma das maiores do mundo. Ambos têm em comum o sonho: a busca de um amor e… o mar.

Num dos seus sete livros , “ A caminho de casa, segunda volta ao mundo”, Belov escreveu: “Navegar, conduzir o barco pelo mar Egeu, por entre as ilhas gregas, atravessar o Mediterrâneo, cruzar o Estreito de Gibraltar e descer costeando a África em busca do Sul. Depois atravessar o Atlântico e chegar ao Brasil. Essa é a meta. Este é o último sonho. Rever as filhas, minha mãe, os amigos. Sentar na poltrona e dormir. Dormir, dormir, até cansar. Depois preparar os livros para que o coletado, o visto ou o sentido, não fique só pra mim, nem caia no esquecimento. Divulgar as ideias para que elas cheguem aos ouvidos, aos olhos e ao coração dos jovens. Para que os sonhos se transformem em realidade, no combustível que vai impulsionar uma vez mais a grande roda da vida. Como é preciso chegar!”.

Em Amado, o sonho se defende no trecho onde ele nomeia e conclama os ventos do mundo para arrancar os barcos ancorados no porto de Belém e afundá-los a todos, deixando apenas o Ita, absurdamente atracado com todas as amarras, todos os ferros, todas as manilhas, todas as espias, todos os strings, o ancorete ligado pela amarra e pelo cabo de aço, tudo isso ordenado pelo ‘comandante’, na cruel armadilha que lhe armaram, leiam o romance (“Os velhos marinheiros ou A completa verdade sobre as discutidas aventuras do comandante Vasco Moscoso de Aragão, Capitão de Longo Curso”): “…contrariando as previsões do tempo, assombrando os velhos e rudes marinheiros, desencadeou-se sobre o porto e a cidade de Belém temporal nunca visto, furacão sem exemplo, a maior tempestade de todos os tempos na história daqueles mares do equador… Vieram os ventos furiosos, desatados. Vinham com raiva, zunindo de ódio, apressados e inclementes. Dos quadrantes do mundo vinham num tufão de vingança, dispostos a tudo destruir para salvar o sonho. ”

Não há um ‘último sonho’, Comandante Belov. Você, que está indo agora reencontrar seu veleiro em Bali para voltar com ele para cá e depois zarpar de novo quem sabe pra onde, já sabe disso. E que os ventos sejam bons.

(Lourenço Mueller)

FONTE: Jornal A TARDE, Salvador-BA, 11.03.2018

Os mundos de Liz

13/03/2018 às 20:43 | Publicado em Baú de livros, Fotografias e desenhos | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Essa série é publicada no jornal O POVO, de Fortaleza-CE. Sempre que posso posto aqui neste espaço para reflexão. Parabéns Daniel Brandão !


Liz_13_mar_2018

CAMA DE GATO

13/03/2018 às 3:47 | Publicado em Baú de livros | Deixe um comentário
Tags: ,

Interessante livro. Ficção apocalíptica tendo como pano de fundo a vida de Félix Hoenikker, um dos cientistas que criaram a bomba atômica de Hiroshima. Personagens inusitadas, filosofia inusitada, final idem.


Cama_de_Gato

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: