Vladimir Maiakóvski

11/10/2018 às 3:43 | Publicado em Canto da poesia, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Revisitando Vladimir Maiakóvski nesses tempos tenebrosos em solo pátrio. Como ele diz: o mar da história é agitado, as ameaças e as guerras havemos de atravessá-las, rompê-las ao meio, cortando-as como uma quilha corta as ondas.

Pergunta


Fiz ranger as folhas de jornal
abrindo-lhes as pálpebras piscantes.
E logo
de cada fronteira distante
subiu um cheiro de pólvora
perseguindo-me até em casa.
Nestes últimos vinte anos
nada de novo há
no rugir das tempestades.
Não estamos alegres,
é certo,
mas também por que razão
haveríamos de ficar tristes?
O mar da história
é agitado.
As ameaças
e as guerras
havemos de atravessá-las,
rompê-las ao meio,
cortando-as
como uma quilha corta
as ondas.

(Vladimir Maiakóvski)

Anúncios

Elucubrações da minha mente

02/10/2018 às 3:20 | Publicado em Canto da poesia, Fotografias e desenhos, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Essa vem do Estúdio Daniel Brandão: poesia e filosofia em forma de quadrinho !


QuadrinhosNaPrancheta_Daniel_Brandao

Paulo Leminski

28/09/2018 às 3:43 | Publicado em Canto da poesia | Deixe um comentário

Li dois livros de Paulo Leminski e os compartilhei aqui. Volto agora com mais uma poesia dele.


Leminski

Nordestinando

23/09/2018 às 3:37 | Publicado em Canto da poesia, Midiateca | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Domingo: a fonte, Bráulio Tavares; o bardo atual, Bráulio Bessa

Viva o Nordeste e o Povo Nordestino !


A FONTE


O BARDO

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: