Saramago, de livros e discos rígidos

23/04/2019 às 3:20 | Publicado em Artigos e textos, Canto da poesia, Fotografias e desenhos | Deixe um comentário
Tags: ,

“É ainda possível chorar sobre as páginas de um livro,

mas não se pode derramar lágrimas sobre um disco rígido”

(José Saramago)


LerEh101

Anúncios

Na asa do vento

14/04/2019 às 3:33 | Publicado em Canto da poesia, Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , ,

Dose dupla na asa do vento, de João do Vale e Luiz Vieira: “Muita gente desconhece…”



Carlos e Zé

12/04/2019 às 3:25 | Publicado em Canto da poesia, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: ,

Uma poesia e um haicai. Carlos, o poeta, é Drumond. Zé, do haikai, é José Carlos Vieira do “Fala Zé”, coluna do jornal Correio Braziliense.

248784-como-escrever-um-livro-de-poesia-em-x-passos-770x513


Poeminha

Amantes são meninos estragados

pelo mimo de amar: e não percebem

quando se pulverizam no enlaçar-se,

e como o que era mundo volve a nada.

(Carlos Drummond de Andrade)

 

Haicai errado

o mundo segue seu relógio

enquanto o poeta para o tempo

numa cama de amar…

(Fala Zé)

 

FONTE: Correio Braziliense, 24.02.2019

TECENDO A MANHÃ

19/03/2019 às 3:59 | Publicado em Canto da poesia, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , ,

João Cabral de Melo Neto, uma das suas melhores e mais famosas poesias.


TECENDO A MANHÃ

Um galo sozinho não tece uma manhã:
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro; de um outro galo
que apanhe o grito que um galo antes
e o lance a outro; e de outros galos
que com muitos outros galos se cruzem
os fios de sol de seus gritos de galo,
para que a manhã, desde uma teia tênue,
se vá tecendo, entre todos os galos.

2.

E se encorpando em tela, entre todos,
se erguendo tenda, onde entrem todos,
se entretendendo para todos, no toldo
(a manhã) que plana livre de armação.
A manhã, toldo de um tecido tão aéreo
que, tecido, se eleva por si: luz balão.

(Publicado no livro “A educação pela pedra” – 1966)


joão-cabral

Nasceu a 09 Janeiro 1920
(Recife, Pernambuco, Brasil)

Morreu em 09 Outubro 1999
(Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil)

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: