Pesquisadores do Facebook criam IA que resolve matemática avançada

06/01/2020 às 3:41 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: ,

Para quem como eu que estudou Matemática num nível mais avançado, essa notícia é muito interessante. Mas até previsível porque IA vai entrar em todos os ramos do conhecimento e da sociedade.


Pesquisadores do Facebook criam IA que resolve matemática avançada

  • Inteligência Artificial

 

Sistema é capaz de diferenciar e derivar expressões, dividindo-as em seus componentes fundamentais e reconhecendo padrões entre eles

Guillaume Lample e François Charton, pesquisadores do laboratório de inteligência artificial do Facebook em Paris, anunciaram a criação de uma rede neural que pode resolver expressões matemáticas avançadas, algo inédito. E o mais impressionante é que ela faz isso muito mais rápido, e com mais precisão, que software matemático tradicional como o Mathematica ou Matlab.

Redes neurais são muito boas no reconhecimento de padrões, como rostos ou objetos, mas até o momento tinham conseguido no máximo realizar a multiplicação e adição de inteiros. Cálculos mais avançados são difíceis porque que a matemática é uma linguagem altamente simbólica, e interpretar o significado e relações entre estes símbolos requer um nível de raciocínio abstrato que os sistemas existentes não conseguiam atingir.

O “pulo do gato” na técnica desenvolvida por Lample e Charton foi determinar que, ao nível fundamental, processos como integração e derivação são tarefas de reconhecimento de padrões, embora expressas de uma forma diferente. Seu algoritmo “quebra” uma equação em suas unidades fundamentais e treina a IA para reconhecer os padrões relacionados a integração e derivação.

A IA foi treinada com um banco de dados com 80 milhões de equações diferenciais de primeira e segunda ordem, e depois comparada com pacotes comerciais como Matlab e Mathematica resolvendo 5.000 expressões que nunca tinha visto antes. Os resultados são reveladores.

“Em todas as tarefas, observamos que nosso modelo é significativamente superior ao Mathematica”, disseram os pesquisadores. “Na integração de funções, nosso modelo chega a 100% de precisão, enquanto o Mathematica mal chega a 85%”. Outros softwares, como o Maple e Matlab, se saem ainda pior.

Em alguns casos os pesquisadores impuseram um limite de 30 segundos para que a solução fosse encontrada. Sua IA geralmente concluía a tarefa em um segundo, enquanto os softwares concorrentes muitas vezes não conseguiam nada dentro do limite de tempo.

Um resultado interessante é que a rede neural geralmente encontra várias soluções equivalentes para o mesmo problema. Isso ocorre porque as expressões matemáticas geralmente podem ser escritas de várias maneiras diferentes.

Essa capacidade é um mistério tentador para os pesquisadores. “A capacidade do modelo de recuperar expressões equivalentes, sem ter sido treinado para fazê-lo, é muito intrigante”, afirmam Lample e Charton.

FONTE: https://olhardigital.com.br/noticia/pesquisadores-do-facebook-criam-ia-que-resolve-matematica-avancada/94760

Algo de novo no ar

02/11/2019 às 3:29 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | 1 Comentário
Tags: ,

Interessante esse artigo de Nizan Guanaes.  Como asseguram os grandes pensadores da atualidade, a grande mudança, no caminho da singularidade próxima, já começou. Confiram !


 

Há algo de novo no céu da Califórnia. E não é apenas o cheiro da maconha legalizada. Tampouco o peso inquestionável da tecnologia. A revolução é na forma de pensar, multiplicada por mil pela tecnologia.
A tecnologia hoje é barata e acessível. Por que tantas organizações e indivíduos vão ficar para trás? Mindset, como bem mostra Carol Dweck no seu livro “Mindset, A Nova Psicologia do Sucesso”, recomendado por Bill Gates no seu Gates Notes.
Passei a semana passada na Califórnia, e nesta década de sete dias me informei de maneira exponencial. Fui ao Singularity e depois a evento sobre o futuro em Stanford. Ambas as programações começavam às 7h da manhã e iam até a noite. Chego ao aeroporto de Los Angeles exausto e pleno.
Nunca na história da humanidade houve tanto avanço. E isso não é estória com E, é história com H. As pessoas das futuras gerações viverão muito mais que 120 anos, o ser humano chegará a outros planetas, órgãos humanos serão substituídos por novos modelos, carros serão autônomos, robôs brotarão por toda parte criando coisas incríveis e problemas inomináveis.
Vou com fé em Deus voltar no ano que vem para estudar inteligência artificial, realidade virtual, dados e mineração de dados -aprofundar num programa mais extenso o que vi comprimido numa semana. Vou estudar o incompreensível, pois, como diz Alexandre Mandic, se você está entendendo, é porque não está prestando atenção.
As pessoas esperam que o futuro chegue penteado e arrumadinho. O futuro vai chegar pelos fundos, sem modos e bem petulante. O futuro é desconcertante. Quem esperaria o general Villas Bôas, um herói do Brasil, de dedicação absoluta à nação, defender o uso medicinal do canabidiol?
Isto é o futuro. E ele não dá trégua a nenhum setor. Os dinossauros serão soterrados se resistirem e não se transformarem.
Eu decidi não ter medo do futuro. Ele nos traz muita ansiedade. Mas, se você usar o “design thinking” para resetar o seu negócio e a sua vida, esse futuro é uma espetacular oportunidade, como mostram unicórnios brasileiros que começam a despontar nas asas de empreendedores geniais e investidores angelicais.
Não estamos falando de tecnologia, mas de como pensar sem custos, sem tanta hierarquia, sem perda de tempo, fazendo e aprendendo e consertando pelo caminho, desafiando de peito aberto o sistema, o protocolo, a regulamentação.
Num país como o Brasil, onde o SUS não dá conta da própria demanda, onde pacientes enfrentam filas por até um ano para receber atendimento, tem sentido não permitir a telemedicina? É por aí que o futuro virá, por debaixo da porta, pela fresta da luz, para atender a uma demanda não atendida e resolver um problema insolúvel com uma solução que será óbvia depois de pronta.
Tô exausto, futuro. Acordo às 5h da manhã para estar em forma e correr atrás de você. E só com o app Blinkist (que resume os livros do momento) consigo ler tudo o que tem que ler, sem falar em tudo de série que tem que ver, de fazer ginástica com Peloton, usar Allbirds, ver o TED de Vancouver e depois fazer Mindfulness para se desconectar de tudo isso!
A tradição do mundo é mudar. Cabe a nós decidir se queremos nascer ou morrer com ele. E, se o futuro é tech, a grande plataforma é a plataforma mental: a atitude.
Nesse evento de conhecimento em Stanford, meu colega de classe era o Bill Gates. E ele tomava nota de tudo no seu caderninho. Atitude, esse é o melhor software, mostra o rei do software. Portanto, pare de ficar com medo, respire fundo e siga em frente porque há algo de novo no ar.

(Nizan Guanaes)

FONTE: https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/colunas/opiniao_economica/2019/08/700049-algo-de-novo-no-ar.html

QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL, um resumo

11/09/2019 às 3:01 | Publicado em Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: ,

Um bom resumo. O futuro já chegou faz algum tempo!


quarta U

LOGO, LOGO (Dez novas tecnologias que vão melhorar e/ou arruinar tudo

17/06/2019 às 2:22 | Publicado em Baú de livros, Zuniversitas | 1 Comentário
Tags: , , , , , , ,

Um livro delicioso de se ler e importantíssimo para os dias de hoje e de amanhã. Escrito de forma clara e com muito humor, aborda temas como Corrida Espacial, Energia de Fusão, Inteligência Artificial, Realidade Aumentada, Matéria Programável, Robótica, Biologia, Medicina e Interface Cérebro-Computador. As charges são também muito interessantes e colocadas estrategicamente em cada assunto.


CAPA_LogoLogo_g

 


Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: