Novidades tecnológicas

25/06/2022 às 2:24 | Publicado em Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags:

As novas tecnologias chegando fortes !


Navio da Hyundai viaja milhares de quilômetros pelo Oceano Pacífico sem intervenção humana

23/06/2022 às 3:48 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | 3 Comentários
Tags: , ,

Toda vez que me deparo com uma notícia dessa questiono como o ser humano consegue tal desenvolvimento tecnológico, podendo dentro de poucos anos inclusive chegar á Marte, e não ser capaz de preservar sua casa-Terra e debelar a fome de seus irmãos da mesma espécie.

INTERROGACAO_BRANCO-removebg-preview


prismCourage-1440x450

Navio da Hyundai viaja milhares de quilômetros pelo Oceano Pacífico sem intervenção humana

O enorme navio Prism Courage, operado pela SK Shipping e construído pela Avikus, uma subsidiária do Hyundai Heavy Industries Group, completou com sucesso uma longa viagem de forma autônoma pelas águas do Oceano Pacífico. Foram mais de 10.000 km usando tecnologias de navegação sem intervenção humana.

Para termos ideia do tamanho gigantesco da embarcação, estamos falando de um navio de carga com peso em 122.000 toneladas. Sua composição disposta em 180.000 metros quadrados foi projetada para o transporte de gás natural liquefeito (GNL).

Navegação autônoma, eficiente, sustentável e segura

Como principal tecnologia para o feito, está a solução de navegação autônoma HiNAS 2.0, desenvolvida pela Avikus. De uma distância total em 20.000 km, feita em 33 dias de viagem pelo Pacífico, cerca de metade foi realizada por meio dela. O navio partiu no dia 1º de maio de Freeport, no Texas, passou pelo Canal do Panamá e chegou à província sul-coreana de Chungcheong.

Durante o trajeto, o HiNAS 2.0 criou rotas ideais e, segundo a Hyundai, aumentou a eficiência de combustível em 7%, reduziu emissões de gases de efeito estufa em 5% e evitou mais de 100 colisões com outras embarcações. A tecnologia de navegação autônoma orientou e forneceu informações em tempo real sobre as melhores rotas e velocidades com base na inteligência artificial Integrated Smartship Solution (ISS), da Hyundai Global Service.

Baseado em um conjunto de automação de transporte marítimo de Nível 2, análogo ao mesmo nível de autonomia da Sociedade de Engenheiros Automotivos (SAE) em carros, o HiNAS 2.0 requer monitoramento humano, mas permite um certo grau de operação sem intervenção. No caso de um navio, a tecnologia permite a automatização da navegação para contabilizar o clima, a altura das ondas e o tráfego marítimo nas proximidades.

Um dos principais focos da viagem está na certificação do HiNAS 2.0 com o órgão certificador American Bureau of Shipping (ABS), que permitirá a comercialização do sistema. As reduções de emissões registradas são particularmente interessantes, já que o transporte marítimo é uma importante fonte de poluição atmosférica.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2022/06/07/carros-e-tecnologia/navio-da-hyundai-viaja-milhares-de-quilometros-pelo-oceano-pacifico-sem-intervencao-humana/?fbclid=IwAR3ZnPkIFn5cP8KxzGTzorkfXxH2MF6D-zDA55cm3KYgT8aNPYGXbumiexI

CÉREBRO: O verdadeiro criador de tudo, por Miguel Nicolelis

07/05/2022 às 3:58 | Publicado em Baú de livros, Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , ,

Após ver esse vídeo a gente fica com vontade de ler o livro dele. Parabéns Professor !


Tadao Takahashi, duas homenagens

11/04/2022 às 2:45 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , ,

Falecido recentemente, ele é reconhecido como o “Pai da Internet no Brasil”. Publico aqui dois artigos do jornal A TARDE, Salvador-BA, que resgatam a vida e obra deste pioneiro !

image


O legado de Tadao Takahashi em destaque

Se hoje muitos de nós temos acesso à internet no Brasil devemos isso ao professor e pesquisador Tadao Takahashi, fundador da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e um dos pioneiros da rede mundial de computadores no país.

Takahashi morreu no último dia 6, aos 71 anos, vítima de uma parada cardíaca. Ele foi o segundo brasileiro a fazer parte do Hall da Fama da Internet – prêmio que homenageia personalidades que contribuíram para a evolução da internet –, atrás do engenheiro eletricista Demi Getshcko.

Ele foi coordenador do Programa Sociedade da Informação do Ministério da Ciência e Tecnologia, iniciativa responsável pela formulação estratégica de ações para o desenvolvimento de novas aplicações, ampliação de acesso, meios de conectividade, formação de recursos humanos, comércio eletrônico, entre outros.

Ativo até o último momento de vida, o professor e pesquisador estava à frente do projeto i2030, criado em 2013 para pensar o que seria a Internet daqui a oito anos. Em 2018, quando concedeu uma entrevista à Abranet, falou sobre os prestadores de serviços de Internet e fez uma projeção para os próximos 20 anos da Rede Mundial.

“O mundo verá transformações radicais em que a raiz estará no uso da internet – serviços de mobilidade e logística com veículos autônomos; cidades como mega entidades ativas e responsivas; atividades e aplicações recheadas de inteligência artificial, com pouca ou nenhuma interferência humana etc”, afirmou, na ocasião.

Desafio

A formulação da RNP, cujo objetivo inicial era interligar dez universidades pelo Brasil, também teve a Bahia como protagonista ao lado de Tadao Takahashi.

Pelo menos dois nomes se destacam na montagem deste processo. Um deles é o da analista de tecnologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Claudete Alves. Para ela, Tadao tem uma “enorme importância” na formação da internet brasileira.

“Ele liderou um projeto criado pelo CNPq, mas que tinha a intenção de implantar a internet brasileira. Era uma espécie de embrião no qual a Bahia fez parte. Senão fosse por Tadao, dificilmente nós teríamos avançado tanto e implantado a internet no prazo em que foi feito”, explica.

“Ele tinha uma capacidade de trabalho imensa e uma criatividade (…) Ele conseguia distribuir tarefas, provocar, desafiar as equipes. Além disso, conseguiu mobilizar muita gente, de várias áreas do conhecimento, para a produção de um livro sobre a produção de conteúdo, de que forma e como seria usado”, completou Claudete.

Outro nome que viu de perto esse nascimento da internet foi o professor da UFBA Nelson Pretto. Para o especialista, Tadao Takahashi era um “gênio”.

“Era um gênio das articulações, das construções das políticas públicas. Ele conseguia, com o seu jeitinho engraçado, piadista, articular as diferenças. Com o esforço que ele fez, aliada à nossa colaboração, conseguimos articular, em uma única mesa, Governo do Estado, Prefeitura de Salvador, Fieb e UFBA, no sentido de fazer com que a internet fosse implantada no Brasil e na Bahia como uma política de estado e não de governo”, afirmou.

“Tivemos embates bastante duros, brigas sobre a condução dos processos, e ele conseguia levar, com muita tranquilidade,para que conseguíssemos dialogar. Terminou ficando praticamente um amigo. Não deixamos de nos falar desde então,nos anos 1990, com a implantação da internet”, completou.

“O trabalho de Tadao foi absolutamente central para realizar todas essas articulações. Ele vai fazer muita falta, porque não parava. Era um gênio com uma mente em ebulição. Pessoas como ele fazem falta”, finalizou Nelson Pretto.

(Yuri Abreu)

FONTE: JORNAL A TARDE, SALVADOR-BA, 08.04.2022


O pai/mãe da internet no Brasil

Estamos em 1994. Felippe Serpa, reitor da UFBA, me chama para sua assessoria para ajudar o antigo Centro de Processamento de Dados (CPD) na implantação de um negócio ainda pouco conhecido chamado Internet, assim, com um I maiúsculo imponente.

Logo de início, com a brava equipe do CPD, teríamos uma reunião com um japonês invocado, piadista, cheio de ideias. Era o tal Tadao Takahashi, que coordenava com mão de ferro a implantação da rede no país. Percebi de imediato que o cara era especial e, a partir daí, convivemos, mesmo à distância, até recentemente.

Ele nos deixou no último dia 6/4 e isso dá enorme tristeza. Figura inquieta e fundamental para a implantação da internet no país. Falava e articulava com todo mundo e fazia isso com maestria. É graças a essa sua habilidade, não tenho a menor dúvida, que a internet no país se constituiu efetivamente em uma Política de Estado.

Ele articulou as universidades públicas para a instalação dos chamados PoPs (pontos de presença da Internet), que passaram a atuar em conjunto com o Ministério da Ciência e Tecnologia, sob a sua batuta, na formação de pessoal, apoio financeiro e infraestrutura.

Montou-se, assim, o backbone da internet brasileira. Para viabilizar essa arquitetura, lá vinha o japonezinho engraçado fazer essa enorme articulação que colocava no mesmo barco governo do estado, prefeituras, empresários, telefônicas e universidades.

Uma verdadeira mágica com a varinha de Tadao. Ele e a internet no Brasil se confundem e, por isso, é urgente recuperar essa memória e dedicá-la a esse homem que rodou o país montando uma rede até bem pouco tempo inimaginável.

Tadao não parava.

Depois, montou o Programa Sociedade da Informação, no qual tive a honra de estar, com Leonardo Lazarte (UnB), coordenando o GT Educação.

Foi em seguida para o Conselho da Fundação Roquete Pinto e, mais adiante, nem sei mesmo de onde falava, aqui estava ele para me provocar em função de um tal programa CHIS, Cidades Humanas, Inteligentes e Sustentáveis.

Tive o privilégio de estar por perto e, nesse processo, muito debater com ele. Era um homem duro de queda, mas, ao mesmo tempo, um ser humano especial. Ele pensava em macropolíticas a partir de ações pequenas que viravam grandiosas.

Minha tristeza aumenta, pois muito insisti junto à RNP e ao CGI (Comitê Gestor da Internet), para que fossem produzidos “documentários distribuídos” (plural, sim!), para contar essa história que tinha em Tadao a irradiação vital.

Uma pena que até agora nada foi feito e perdemos a oportunidade de ter o seu belo registro, com seu olhinho apertado, mas que via para muito além.

Aqui na Bahia, resgatamos um pouco dessa história com o projeto memoriainternetbahia.ufba.br. Nele, merece destaque a sua fala.

(Nelson Pretto)

FONTE: JORNAL A TARDE, SALVADOR-BA, 08.04.2022

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: