Suassuna: eu gosto é de gente doida !

22/08/2019 às 3:51 | Publicado em Midiateca | 1 Comentário
Tags: ,

Eu também !


Anúncios

QUE VIVAM OS ESTUDANTES

21/08/2019 às 3:46 | Publicado em Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: ,

.

Strange fruit

18/08/2019 às 2:21 | Publicado em Artigos e textos, Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

Domingo: música, cultura e História !


Em 20 de abril de 1939, a cantora de jazz Billie Holiday, entrou num estúdio com uma banda de oito músicos para gravar Strange Fruit (Fruta Estranha). Essa chocante música sobre os horrores dos linchamentos nos Estados Unidos não foi apenas o maior sucesso de Billie Holiday, mas também se tornaria uma das mais influentes canções de protesto do século 20.

Em 1999, ela foi escolhida pela revista Time como a “canção do século”, e a história de como Strange Fruit foi concebida tornou-se lendária. Originalmente um poema chamado Bitter Fruit, ela foi escrita pelo professor judeu Abel Meeropol, sob o pseudônimo Lewis Allen, em resposta aos linchamentos de negros em Estados do sul dos Estados Unidos.

“Eu escrevi Strange Fruit porque odeio os linchamentos, odeio injustiça e odeio as pessoas que os perpetuam”, disse Meeropol, em 1971. Ele nunca testemunhou um linchamento, mas acredita-se que ele tenha composto a canção depois de ver a perturbadora foto do linchamento de Thomas Shipp e Abram Smith, em 1930 em Indiana, feita pelo fotógrafo Lawrence Beitler. Em 1940, Meeropol, que era socialista, foi convocado para testemunhar num comitê investigando comunismo e foi questionado se o Partido Comunista dos EUA havia lhe dado algum dinheiro para que ele compusesse Strange Fruit.

O que aconteceu na primeira noite em que Holiday interpretou Strange Fruit no Café Society antecipou o tipo de resposta que a canção teria quando fosse lançada comercialmente. “Na primeira vez que eu a cantei, eu achei que houvesse algo de errado… Não houve nenhum aplauso. Aí, uma pessoa começou a bater palmas, de um jeito nervoso. E, de repente, todo mundo estava aplaudindo”, disse Holiday em sua autobiografia. “Você consegue imaginar nunca ter ouvido essa música antes e perceber qual é a estranha fruta pendurada no choupo? Há alguma coisa reveladora quando você a escuta, e aquela imagem de olhos arregalados e boca distorcida salta na direção do ouvinte.”

FONTE: https://entretenimento.uol.com.br/noticias/bbc/2019/07/21/strange-fruit-a-musica-sobre-linchamentos-de-negros-que-chocou-os-eua.htm

 

 


Fruta Estranha

Árvores do sul produzem uma fruta estranha,
Sangue nas folhas e sangue nas raízes,
Corpos negros balançando na brisa do sul,
Frutas estranhas penduradas nos álamos.

Cena pastoril do valente sul,
Os olhos inchados e a boca torcida,
Perfume de magnólias, doce e fresca,
Então o repentino cheiro de carne queimando.

Aqui está a fruta para os corvos arrancarem,
Para a chuva recolher, para o vento sugar,
Para o sol apodrecer, para as árvores derrubarem,
Aqui está a estranha e amarga colheita.

Manifestação: Fernanda Montenegro e Chico Buarque em clipe pelos Direitos Humanos

17/08/2019 às 2:59 | Publicado em Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário

Oportuno ! Calar jamais !


Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: