O primeiro carro voador comercial do mundo está chegando

17/07/2018 às 3:10 | Publicado em Artigos e textos, Midiateca, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: ,

Carro-helicóptero !


O Primeiro Carro Voador Comercial do Mundo Está Chegando

Uma companhia holandesa desenvolveu o primeiro carro voador comercial do mundo e pretende colocá-lo em produção em 2019. Aparentemente, a empresa PAL-V só precisa de um toque final de certificação para que o processo possa ser legalizado.

PAL-V o primeiro carro voador comercial do mundo

O carro vai ter o nome de PAL-V The Liberty (A Liberdade, na tradução), e parece mais um carro de corrida do que uma aeronave, com um corpo estreito e dois assentos colocados lado a lado, como se fosse de fato um carro esportivo. Quando está no chão, ele tem uma configuração de triciclo, com uma roda na frente e duas rodas na parte de trás.

O voo é realizado por meio de um rotor dobrável montado no topo do carro. A energia vem de um par de motores de aeronaves Rotax, e o Liberty estará em conformidade com as regulamentações rodoviárias e aéreas na Europa e nos Estados Unidos.

Quando o carro está no solo, as pás do rotor se dobram em ambos os lados da cabine, e o material rodante também é capaz de se mover para cima e para baixo para aumentar a altura do solo quando necessário. O Liberty também vai fazer trabalhos leves em estradas normais, e pode ser facilmente estacionado em uma garagem regular graças ao seu tamanho compacto.

O Liberty pode decolar com um peso máximo de 910 quilos, incluindo 20 quilos de bagagem e 100 litros de combustível a bordo. Na estrada, vai chegar a 99 cavalos de potência, o que pode atingir uma velocidade máxima de 160 quilômetros por hora.

PAL-V o primeiro carro voador comercial do mundo

Para chegar ao ar, ele precisa de cerca de 335 metros para decolar. Após o pouso, precisa de uma distância de rolagem de apenas 30 metros. É ainda mais rápido no ar do que em terra, chegando a 180 quilômetros por hora. Além disso, o Liberty pode voar a uma altitude máxima de 3.500 metros e tem um alcance de 500 quilômetros.

Embora tenha dois motores de avião, ambos não são usados ao mesmo tempo, pois um é usado na estrada e outro no ar. O veículo tem um design clássico de aviação, que ajuda o Liberty a passar do modo carro para avião em apenas 10 minutos!

PAL-V o primeiro carro voador comercial do mundo

A decolagem e o pouso exigirão uma pequena pista de pouso, e o condutor precisa ter uma licença de piloto antes de voar em qualquer lugar. O Liberty custará US$ 400 mil dólares (cerca de R$ 1,2 milhão) quando for colocado à venda, e os clientes já começaram a pré-encomendar os seus.

As versões Sport e Pioneer do Liberty serão oferecidas e as primeiras entregas aos clientes ocorrerão em 2019.

Bônus – veja a primeira decolagem desse veículo revolucionário:

FONTE: http://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=11875

Anúncios

Ecos da Copa de 2018

16/07/2018 às 18:16 | Publicado em Fotografias e desenhos, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags: , ,

E se não fossem os imigrantes ?


Copa

A VULNERABILIDADE DO ORGULHO NACIONAL

16/07/2018 às 3:29 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | 2 Comentários
Tags: , ,

Embraer, mais um sonho que se esvai por conta de um governo ilegítimo. Excelente esse artigo do Professor Paulo Ormindo de Azevedo, confiram !

download


A VULNERABILIDADE DO ORGULHO NACIONAL  foto-paulo-ormindo_thumb_thumb_thumb_thumb

Ah, essa mania brasileira de contrariar a gravidade! No colégio de Belém de Cachoeira, um seminarista paulista fez a água subir 40 metros e criou o primeiro objeto voador do mundo, a Passarola, ou balão de ar quente. Chamava-se Bartolomeu de Gusmão, ou o padre voador. Demonstrou sua invenção a D. João V, no Paço Real de Lisboa, em 1709, e foi perseguido pela Inquisição por ser considerado feiticeiro e amigo de judeus, se exilando na Holanda, onde mendigava vendendo poções nas ruas. Morreu em Toledo aos 38 anos.

Em 1855, Guilherme Capanema aperfeiçoou e fabricou foguetes, que 10.000 deles foram usados pelo Brasil na guerra do Paraguai, mas foram abandonados porque não tinham sistema de navegação. Um outro brasileiro se encantou com os balões de gás, motores à explosão e hélices e fez os primeiros balões-charutos dirigíveis. Com um deles ganhou um prêmio, em 1901, ao fazer a volta na torre Eiffel e retornar ao ponto de partida em 30 minutos. Em 1906, fez voar um aparelho mais pesado que o ar a 4 metros. de altura e 220 metros de distância no parque de Bagatelle, homologado pelo Aeroclube da França.

Mas a invenção do avião foi creditada aos irmãos Wright, construtores de planadores, que três anos antes, empurrados do alto de uma colina em sua fazenda, com uma ventoinha nanica de 15 hp, plainou 260 m. Mas ninguém nega que o inventor do Zepelim e do avião moderno, com asas na frente e lemes atrás, como o Demoiselle, foi um brasileiro. Tachado de boiola, porque nunca se casou, e deprimido pelo uso militar do avião se suicidou em 1932. Em 1941 começamos a fabricar o Paulistinha, que equipou os aeroclubes criados por Chatô e difundiu a aviação esportiva no país.

O programa espacial brasileiro foi instituído em 1961 por Jânio Quadros com o decreto nº 15.133/61 e encerrado em 2003, quando o foguete VLS-1 V03 explodiu misteriosamente três dias antes do lançamento em Alcântara, matando os 21 principais especialistas brasileiros. Segundo o jornal Estadão (20/05/18), documentos liberados pela CIA em 2016 revelam que satélites norte-americanos espionaram a base de lançamentos de foguetes na Barreira do Inferno e outras instalações militares brasileiras, entre 1978 e 1988.

O último sonho brasileiro de voar data de 1969, quando Ozires Silva dirigiu a Embraer, que desenvolveu o Tucano, já foi o terceiro fabricante de aviões do mundo e desenvolve um caça supersónico com os suecos. Como ameaçava crescer, está sendo comprada pela Boeing. De quebra, é alienado um naco do orgulho, da ciência e da tecnologia nacional. Voltamos a ser fornecedores de matérias primas baratas para o engrandecimento dos países ricos. Mas não se avexem não, porque “o que é bom para EUA é bom para o Brasil”, segundo o ex-embaixador Juracy Magalhães junto ao Tio San.

(Paulo Ormindo de Azevedo)

FONTE: Jornal A TARDE, Salvador-BA, 15.07.2018

Trabalha 30h/semana, viaja 6 vezes ao ano e não tem dívida: qual o segredo ?

14/07/2018 às 3:15 | Publicado em Artigos e textos, Zuniversitas | Deixe um comentário
Tags:

Movimento “minimalista”: simplesmente lógico !


Trabalha 30h/semana, viaja 6 vezes ao ano e não tem dívida: qual o segredo ?

a-psicologa-luciane-couto-cunha-43-de-contagem-mg-1525293410186_615x300

image

image

image

FONTE: Pela primeira vez em mais de 10 anos de vida deste blog eu não vou informar a fonte. No link que eu li, enviado por um amigo via zapzap, não se pode copiar e colar… burrice ao extremo ! Ai me deu um trabalho extra para poder fazer este post com o artifício do Paint.

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: